Arrimar quer dizer
pôr em rima ou amparar.
Também pode ser bater,
Apoiar ou arrumar...

Singela homenagem aos Poetas Populares

segunda-feira, janeiro 31, 2005

Parabéns pneumáticos

Alguidar

Parabéns pneumáticos

Parabéns Alguidar,
Pelo ano de vida.
Eu até vou cantar
Uma célebre cantiga:

Parabéns a você.
Nesta data querida.
Muitas felicidades,
Muitos anos de vida.

Hoje é dia de festa,
Cantam as nossas almas
P'ro Aguidar Pneumático
Uma salva de palmas.

Continua a produzir.
Nós estamos a gostar.
Até me vou repetir:
PARABÉNS ALGUIDAR!

Rimo

P.S.
Eu nunca pensei desejar,
Em toda a minha vida,
Parabéns a um alguidar,
Duma forma tão sentida...

;-))

|

Todos temos que trabalhar

trabalho

Todos temos que trabalhar

Venho aqui para avisar,
Que já é segunda-feira.
E para vos desejar,
Uma semana porreira.

Eu sei que é complicado.
Custa muito a levantar.
Mas, também, sem ordenado,
Não há dinheiro p'ra gastar...

E quer queiramos ou não,
Todos temos que o ganhar.
Do empregado ou patrão,
Todos temos que trabalhar.

A vida é mesmo assim...
Não há nada a fazer...
Se bem que, cá para mim,
Eu prefira o lazer...

Afinal, pensando melhor...
Eu hoje não vou trabalhar.
Estou doente, estou pior...
Acho que me vou baldar.

Eu sei que não devia...
Mas estou mesmo constipado.
E a manhã está tão fria...
Tenho que ter cuidado. ;-))

Já sei o que vou fazer.
Primeiro vou almoçar.
E quando o dia aquecer,
Então, vou trabalhar...

E escusam de me invejar...
Porque se me estão a ler,
A trabalhar, não devem estar...
O que é que estão a fazer?

Rimo

|

sábado, janeiro 29, 2005

Mudou a imagem

ARRIMAR

Mudou a imagem

O blogue Arrimar,
Mudou a imagem.
E sem consultar,
Nenhuma sondagem...

Fui eu que alterei.
Porque já sabia,
Que sou eu o rei
Desta autocracia.

Estou a brincar.
Não sou autocrata.
Posso assegurar.
Que sou democrata!

E para provar,
Se o sou, ou não.
Vou vos perguntar
A vossa opinião.

Acham que ficou,
O blogue, melhor?
Ou que até mudou
Para bem pior?

Digam lá, então,
Se estão a gostar.
Dêem uma opinião.
Podem criticar....

Até pode ser,
Que volte a mudar...
Que mais posso fazer,
Para vos agradar?

Rimo

|

sexta-feira, janeiro 28, 2005

Cantigas de Amigo (Participação)

Cantigas de Amigo

Cantigas de Amigo

Meu caro Rimo do Arrimar,
Que hoje me fez sorrir,
Dedico-te estes versos,
Para a gentileza retribuir.

Rimar não é nada fácil,
Nem é para toda a gente,
Mas com tanta qualidade,
Ninguém é melhor certamente.

Tens em ti um trovador,
Com jeito para as cantigas de amigo,
Talvez para as de amor,
Mas essas não é comigo.

Se alguém tivesse dúvidas,
Tire os nove e fique com nada,
Porque à boa moda do Minho,
Devias era estar na desgarrada.

Por: Freddy
Zona Franca

|

É mais uma "p'ro caderno"...

caderno

É mais uma "p'ro caderno"...

O Santana é engraçado!
Não é nada populista!
Ainda fico admirado,
com este excelente artista...

Arranjou outra desculpa.
Estão a estragar-lhe a imagem.
Diz ele que agora culpa,
É duma simples sondagem.

A mim, o que me desgosta,
É a falta de pudor.
Eu até faço uma aposta:
Não foi a "AMOSTRA" Senhor Doutor...

É mais uma "p'ro caderno"...
Que o Santana atira ao ar.
Sendo ele tão "MODERNO"
Bem se podia calar...

Convém também recordar,
Que este Senhor Doutor,
Andou na MODERNA a ensinar
E na AMOSTRA foi coordenador...


Ele e o Paulinho das Feiras,
Já me estão a chatear.
Só sabem dizer asneiras.
Vão mas é passear...!

Rimo

|

Zona Franca... Zona Franca...

Zona franca

Zona Franca... Zona Franca...

O Freddy é um leitor,
Assíduo, do Arrimar.
Já reparei, sim senhor...
Que vem sempre comentar.

Só posso agradecer,
Ao Freddy, as suas visitas.
Mas também lhe quero dizer:
Espero que as repitas.

Zona Franca... Zona Franca...
Que nome foste arranjar...
Fiquei até com uma branca,
E não consigo rimar.

Um dia, talvez consiga,
Encontrar a rima certa.
Ou talvez alguém me diga,
Ou me mande, de oferta.

Também te vou visitar.
E vou lá com muito gosto.
E fazes bem relembrar,
Que pensar não paga imposto.

Era só o que faltava,
Pagar numa Zona Franca...
Então é que eu fivava,
De certeza na retranca.

Rimo

|

quinta-feira, janeiro 27, 2005

A arte de poetar

Erotismo na Cidade

A arte de poetar

Gostava de destacar,
Um blogue incontornável.
Se há blogues de espantar,
Este é admirável.

No seu sentido profundo,
Na sua simplicidade.
É do tamanho do mundo,
Sendo só uma Cidade.

Trata de Erotismo,
Duma forma pungente.
Traduz com realismo,
Aquilo que a gente sente.

É também contestatário,
Agressivo e coerente.
É um blogue extraordinário,
Este da Encandescente.

Ela é pura poesia,
Realista e sensual.
Cria em nós a fantasia,
De um laxismo carnal.

Não deixem de visitar.
É de muita qualidade.
A arte de poetar,
No Erotismo na Cidade.

Rimo

|

Vamos lá contribuir

blogotinha

Vamos lá contribuir

Sinto-me muito honrado,
Por tamanha distinção.
Hoje fui destacado,
Num blogue de eleição

À Gotinha eu agradeço,
Por lá me transcrever.
É pois, com muito apreço,
Que lhe estou a agradecer.

No Primula há eleições.
Clikem e vão lá ver.
Como em todas as votações,
Alguém irá vencer.

Para lhe retribuir,
Escrevo aqui a rimar:
Vamos lá contribuir,
P´ra Blogotinha ganhar.


Rimo
|

Ela é espectacular!

espectacologicas

Ela é espectacular!

Tenho ou não tenho razão?
Não há nada a fazer...
A minha amiga São,
Não deixa de me surpreender.

Tem sempre resposta certeira.
Ela é espectacular!
Danada p'ra brincadeira,
E especialista a rimar.

Quanto ao jogo da Taça,
Aí estamos conversados.
A vitória veio com graça,
P'ro lado dos encarnados...

Por mais "tontos" que sejamos,
O que é certo é que ganhámos.
Na Taça continuamos...
E os Leões nós derrotámos....

Em relação à Super-Liga,
Isso é outra conversa...
Ainda não está decidida...
Mas isso agora não interessa...

Já chega de falar,
No Verde e no Encarnado
Vamos mas é jogar,
O nosso jogo rimado.

Rimo

|

Venham todos ao ARRIMAR (Participação)

bola

Venham todos ao ARRIMAR

Como me passaste a bola,
Só tenho que ripostar,
Vou fazer uso da tola,
E continuar a jogar!

Foi um jogo bem disputado,
Disso não restam dúvidas,
Só não gostei do resultado,
Nem das cenas estúpidas...

Por causa de tanta emoção,
Alguns dizem e fazem asneiras,
Atiram objectos de estimação,
Não gosto dessas “brincadeiras”!

Não estou muito inspirada,
Para falar sobre a eliminatória,
Ainda estou muito admirada,
Por o SLB ter chegado à vitória…

Se eles jogam assim tão bem,
Porque não jogam sempre assim?
Não se percebe porque perdem,
E empatam tantos jogos, enfim…

O Sporting tem que continuar,
No campeonato a somar pontos,
A taça já deu o que tinha a dar,
Pode ficar para outros “tontos”!

Obrigado pelas tuas palavras,
E me incentivares a escrever,
Dedico-te assim estas quadras,
E agora vou-te surpreender…

Venham todos ao ARRIMAR,
Onde se escreve com emoção,
Com o Rimo sempre a rimar.
A minha fonte de inspiração!


Por São
Espectacologicas
Portug@lium

|

quarta-feira, janeiro 26, 2005

A "bola" está do meu lado

águia

A "bola" está do meu lado

A "bola" está do meu lado.
É a minha vez de responder.
Neste jogo engraçado,
Que se joga a escrever.

Eu mando uma boca qualquer,
A São responde na hora.
Diga eu o que disser,
A resposta não demora.

E a resposta é sempre boa,
Obriga-me a ripostar.
Só é pena ser Leoa!
Nem tudo pode agradar...

Até a Danizinha,
Fica cheia de emoção.
Fica toda nervozinha,
A ver jogar o Leão.

Eu até lhe dou razão
Neste jogo bem jogado,
Agora foi o Simão,
Que empatou o resultado...

... (estou neste momento a ver o jogo Benfica/Sporting)

O jogo chegou ao fim.
E acabou empatado.
Agora eu espero que o Quim,
Dê conta do recado...

Estou aqui a escrever,
E a olhar p'ra televisão.
E agora acabei de ver
O falhanço do Leão.

O Benfica foi mais feliz,
E eu fico satisfeito.
Com jogos deste cariz,
O futebol é perfeito.

O jogo foi bem disputado,
Alguém tinha de ganhar.
Foi o Benfica apurado
P'ra na Taça continuar.

... ( Acabou a transmissão - Viva o Benficaaaaaaaaaaa! )

Eu também vou acabar
E aquilo que vou dizer,
Não é para agradar
Mas sim para agradecer.

A fama já vem contigo,
Eu é que fico a ganhar.
Por te ter aqui comigo,
No blogue ARRIMAR.

Rimo

|

Estou aqui a divertir-me (Participação)

leão

Estou aqui a divertir-me

Esse é o meu problema,
Um assunto para falar,
A brincar é o meu lema,
Mas não me quero calar!

Percebo a dificuldade,
De um tema arranjar,
Com tanta variedade,
É difícil por um optar!

Quanto à disputa da taça,
2-0 já não é o resultado,
Mas continuas a ter graça,
E sonhar não é pecado!

O Sporting é o meu eleito,
É uma coisa do meu coração,
Pode ser que seja defeito,
Para quem não se sente leão!

Sempre gostei de futebol,
Não pelo dinheiro ou isso,
Mas um patrocínio da Sumol,
Era que nem pão com chouriço!

Estou aqui a divertir-me,
Com os casos que acontecem,
Neste jogo eu diverti-me,
São coisas que me aquecem!

A Dani está toda nervosa,
É a adrenalina a atacar,
Ainda vou ficar famosa,
Por conseguir aqui rimar!...

Por São
Espectacologicas
Portug@lium

|

Dêem lá uma sugestão!

sugestão

Dêem lá uma sugestão!

Não é fácil manter,
Um blogue sempre a rimar.
Mas eu posso prometer,
Que não deixo de tentar.

Do que é que hei-de falar?
É isso que vos pergunto.
Não me podem ajudar
E propôr algum assunto?

Há assuntos importantes,
Outros mais triviais.
Uns são quentes e picantes,
Outros frios e mais banais.

Dêem lá uma sugestão!
E não deixem de comentar.
Porque a vossa opinião,
É que me faz versejar.

Também podem escrever
No meu Livro de Visitas.
Deixem lá para eu ler,
As vossas palavras escritas

Agora vou-me "pirar"
Já estou em preparação.
P'ra ver o Benfica ganhar,
Por 2-0 ao Leão.

É a minha opinião...
E qual é a vossa "dica"?
A minha previsão,
É a vitória do Benfica!

Rimo

|

segunda-feira, janeiro 24, 2005

Eu quero manter a esperança (Participação)

esperança

Eu quero manter a esperança

Que tema tão chocante,
Para escrever a rimar,
Prefiria algo picante,
Mesmo assim vou tentar!

Como poderemos melhorar,
Se ninguém se preocupa,
Com quem quer trabalhar,
Ou saber que lugar ocupa?

Somos cidadãos e utentes,
Contribuintes e eleitores,
Parecemos todos contentes,
Apesar de todos os horrores...

Crime, pedofilia e corrupção,
É o que nos espera dia a dia,
30 anos depois da Revolução,
Chamam a isto... Democracia!

Eu quero manter a esperança,
Que um dia tudo isto melhora,
Quem espera sempre alcança,
Nunca mais chega, é a hora...


Por São
Espectacologicas
Portug@lium

|

Esta conversa chocante

choque


Esta conversa chocante

Estou a ficar chocado,
Com tanta promessa chocante.
Será bom o resultado?
Isso ninguém me garante!

É o choque tecnológico,
E o choque de gestão.
Isto é Espectacológico!
Parafraseando a São.

Ainda há o choque fiscal
E outros choques haverão.
Para que servirá afinal,
Tanta "electrocução"?

Mais valia que eles dessem,
"Choques com tinta" à malta!
Esses talvez podessem,
Fazer alguma falta.

Esta conversa chocante,
Só serve para entreter.
O que era importante,
Era um governo a valer.

Mas isso com esta gente,
É uma missão impossível.
Só com gente diferente...
Com gente mais credível.

Depois das eleições,
Veremos o que isto dá.
Mas não tenham ilusões...
Porque na mesma ficará!

E nós vamos continuar,
Nesta crise desgraçada!
E se a gente assim não pensar,
Então ficará chocada!

Rimo
|

Quanto tempo leva a fazer?

Quanto tempo leva a fazer?

Quanto tempo leva a fazer?

O Freddy pôs a questão:
Quanto tempo leva a fazer?
Quadras como as da São?
Eu vou tentar responder.

Só não rima quem não quer.
O segredo é começar.
Não tem muito que saber,
É só escrever a rimar... ;-))

A rima sai naturalmente,
Como música a tocar.
É uma coisa que se sente...
Não sei bem explicar...

Experimenta, logo verás.
Como é facil escrever,
Vai à frente, volta atrás,
Depois é só escolher.

Leva o tempo que levar,
O gozo está em escrever.
Leva o tempo de encontrar,
A rima que deve ser.

É um pouco trabalhoso,
É como tudo na vida.
Mas também é bem gostoso,
Uma rima bem sentida...

E começando a escrever,
O difícil é parar.
É essa a razão de ser,
Do blogue ARRIMAR...


Rimo

|

domingo, janeiro 23, 2005

Ora então, muito obrigado (Participação)

espectacologica

Ora então, muito obrigado

Estou cansada de pensar,
Numa forma de agradecer,
Estou-me quase a passar,
Não sei como o escrever!

Quero agradecer a rimar,
Ou não vale a pena escrever...
No que isto vai dar,
Só no fim vou perceber!

Ora então, muito obrigado
Pela tua "recomendação",
Já por cá tinha passado,
Mas fiquei muda de emoção...

Não sei como vou conseguir,
Fazer sete quadras duma vez,
Já estou quase a desistir,
De tentar rimar em português!

Já que aqui consegui chegar,
Quero dar-te os parabéns,
Pela ideia do blog "Arrimar",
Tens quadras giras, tens, tens!

Não é nada fácil "arrimar",
Neste País de pura fantasia,
Força, continua a rimar,
Dá-nos essa grande alegria!

Se escolheres um bom tema,
Quem sabe eu tento de novo,
"Arrimar" sem nenhum problema,
Seria "maizuma" voz do Povo...

Por São
Espectacologicas
Portug@lium

|

sábado, janeiro 22, 2005

Vá! Vamos a escrever!

escrever

Vá! Vamos a escrever!

Vocês podem comentar!
Eu até vos agradeço.
Garanto que irão pagar,
P'la visita o mesmo preço.

Assim posso saber,
A vossa opinião.
Posso até responder,
A uma ou outra questão.

Se quiserem participar,
Podem também fazê-lo.
Enviem p'ro arrimar (@sapo.com)
E nem precisa de selo...

Vá! Vamos a escrever,
Quadras sempre a rimar.
Para todos podermos ler,
Quando eu as publicar.

Agradeço a atenção,
Que me estão a dispensar.
E a vossa participação,
No blogue ARRIMAR.

|

sexta-feira, janeiro 21, 2005

Estou farto de aturar...

Políticos

Estou farto de aturar...

Não tenho tido vontade,
Para vir aqui escrever.
Esta é a verdade!
Não vale a pena esconder.

Ando desmoralizado,
Com o rumo do país.
Sinto-me enfadado.
Sem razão pr'a estar feliz.

Esta crise não tem fim.
Não há volta a dar.
Se continuarmos assim,
Bem podemos ir roubar.

Já pensei em emigrar
Fugir desta loucura.
Saír e ir procurar,
Uma vida mais pura.

Estou farto de aturar,
Tanto cinismo e vaidade.
De vê-los a governar,
Com tão pouca qualidade.

Políticos de ocasião.
Seja à esquerda ou à direita.
São massa pr'o mesmo pão.
Sofrem da mesma maleita...

E o povinho está lixado!
Continua a sofrer...
A ganhar um ordenado,
Que não dá nem pr'a comer.

Isto pr'a não falar,
Daqueles que nada ganham.
Mas têm que alimentar,
A família que formaram.

É um país a brincar,
Aos governos e eleições...
Mas nós temos que aturar,
Esta cambada de... de... de figurões?

Rimo

|

terça-feira, janeiro 18, 2005

O novo blog da São

NOME DA FOTO

O novo blog da São

Já está a funcionar,
O novo blog da São
Podem lá ir "semear"...
Dar a vossa opinião.

Eu digo "semear",
Porque é uma "Plantação"!
Podem até encontrar,
Post's em promoção...

Se não estão a perceber,
Esta conversa fiada.
Basta lá irem ver!
Não é conversa inventada!

Qual SIC, qual jornal...
As notícias ali estão!
São notícia de Portugal,
Escritas por quem s'assina: São

Já só me falta dizer,
O nome da publicação.
Querem mesmo saber?
Esperem um pouco, então!

Tenho que os preparar...
Pr'a lerem o Portug@lium...
Até vos vou aconselhar:
Tomem mas é um Valium...

Só me resta desejar,
Ao blog muita "atitude"...
E a quem está a blogar,
Desejo muita saúde. ;-)

Rimo

|

domingo, janeiro 16, 2005

Tenho ou não tenho razão?

portugal

Tenho ou não tenho razão?

Cada um diz que vai dar,
Mais que o outro, à Nação.
Onde é que irão arranjar
Tanto dinheiro, então?

É tão fácil falar!
E eles sabem-no fazer.
E sabem que pr'a ganhar
É preciso prometer.

É sempre a mesma conversa,
Pr'a ganhar as eleições.
É promessa e mais promessa.
Mas que grandes aldrabões!

Não há esquerda, nem direita,
Nem há bloco central.
Que não saiba a receita,
Pr'a endireitar Portugal.

Mas quando estão no poleiro,
A conversa deles é igual.
Dizem que não há dinheiro...
Pr'a governar Portugal.

Mais valia lotear,
Este velho Portugal.
E depois leiloar,
Cada lote a preço igual.

Talvez Espanha nos comprasse,
Meia dúzia desses lotes.
E com isso nos livrasse,
De todos os nossos calotes.

Seria essa a solução,
Outra não consigo ver.
Tenho ou não tenho razão?
Digam lá! Eu quero saber...

Rimo

|

Eu não rimo... (Participação)

Tania mac

Eu não rimo...


Para rimar é preciso saber
Para saber é preciso aprender
Para aprender é preciso querer
Para querer é preciso poder!

Tu queres poemas, nós queremos lição
Tu queres poetas e nós não dizemos que não
Tu queres respostas e nós exigimos explicação
Do porquê deste blog e da nossa participação.

Sincera sou quando sei que gosto do blog
Sincera sou quando venho e visito
Sincera sou quando leio e não comento
Sincera sou quando digo que não rimo.

Eu sou péssima com poemas
Por isto digo com muitas penas
Bom Domingo e etc e cenas ;)

Tania Mac ( MoonCat )

Agradeço a poesia,
Até a vou publicar!
Obrigado Tania (Maria)
O "Maria" é só pr'a rimar... ;-))

Mas tu podes comentar!
Eu até te agradeço!
Pode até ser a rimar,
Digo mais, até te peço..

Se queres uma explicação
Talvez ta possa dar.
Dizendo que é tradição,
Escrever tudo a rimar.

É a velha tradição,
Da poesia popular.
Pronto! É esta a razão,
Do blog ARRIMAR...

Rimo
|

sexta-feira, janeiro 14, 2005

Estou um pouco cansado...

cansado

Estou um pouco cansado...

Hoje não estou inspirado.
Não me apetece escrever.
Estou um pouco cansado...
O que é que eu hei-de fazer...?

Venho só de passagem,
Agradecer ao Jeremias.
E deixar uma mensagem:
"ARRIMEM" TODOS OS DIAS!

O Jeremias foi o primeiro,
Outros virão, por certo.
Façam como este "Olheiro",
O do OLHO BEM ABERTO.

Do futebol à política,
Aqui tudo é permitido.
Até a social crítica,
Desde que faça sentido...

Podemos falar de tudo,
De sexo, até de desgraças...
Interessa é não ficar mudo.
Aqui não há mordaças.

Pr'a quem estava cansado,
Eu já me estou a "esticar"...
Já deixei o meu recado.
Vou-me mas é "pirar"...

Rimo
|

quinta-feira, janeiro 13, 2005

Super (des)Liga (Participação)

Super (des)Liga
Super (des)Liga

A Liga que é Super
tem muito p'ra contar.
Golos para cego ver
que o arbitro não vê entrar.

É Super, mas desligada
Com buracos por todo lado
As contas são uma salganhada
E até o apito é dourado.

Os resultados são esquisitos
E ninguém se habitua
O Porto empata com os pequenitos
E os lisboetas festejam na rua.

Promoções fabulosas
invadem a capital.
Partidas pregadas,
ao estilo do Carnaval.

Promoção em Belém
Paga-se um por quatro pastéis;
Alvalade não fica aquém...
ao troco de 1 dão-se seis.

O Leão devorou a àguia
Com duas dentadas letais
Liedson resolveu...
Trappatoni esteve a mais.

O Dragão cheio de vedetas
ficou com uma digestão
Cuspiu Derlei para a Neve
e C.Alberto p'ró Brasileirão.

O Resto da Liga o futuro dirá
Ainda há muita bola p'ra correr.
Muitos jogos p'ra jogar,
Ganhar, empatar ou perder.

Por Ivo Jeremias
http://olhobemaberto.blogspot.com

Aqui tens o meu humilde contributo para esse teu espaço.
Um abraço


Primeira participação no A R R I M A R.
Obrigado e continua... ;-)
Rimo

|

Agradecimento

obrigado

Agradecimento

O Finúrias e a Aguarela,
Já vieram comentar.
São assim, como uma vela,
Que me está a ajudar...

Essa vela dá-me alento,
Pr'a poder continuar.
A aproveitar este vento
De escrever a(r)rimar.

O Rui também comentou,
E deixou opinião.
Já sei que ele gostou.
Agradeço a participação.

Também cá veio o Jeremias
E diz que vai voltar.
Estarei cá todos os dias,
Sempre a escrever a rimar.

Falta só agradecer,
Ao amigo Jpt.
Mas eu fiquei sem saber,
De onde é que ele me lê...

A todos eu agradeço,
A vossa participação.
Agora eu só vos peço,
Que tenha continuação...

Rimo

|

quarta-feira, janeiro 12, 2005

S. Tomé

S.Tomé

S. Tomé

Continua a palhaçada.
Neste belo Portugal.
A malta já está cansada
de viver em Carnaval...

Cada passo que eles dão
É mais um tiro no pé.
Foi mais uma situação,
Desta vez em S. Tomé...

O Santana, atarantado,
Respondeu aos jornalistas,
Que estava incomodado...
Mas que grandes vigaristas...

O Sarmento vem dizer
Que isto é tudo normal.
Que cumpria um dever,
Para bem de Portugal.

Mas pediu a demissão,
Por ter cumprido um dever?
Mas que grande confusão!
Que mais irá acontecer?

Corram com esta malta!
Políticos de ocasião.
Gente desta não faz falta!
Venha lá a oposição...

Acho que não vão fazer,
Muito mais pela Nação.
Mas pior não deve ser...
O Santana é que NÃO!

Rimo

|

terça-feira, janeiro 11, 2005

Carnavais

carnaval

Carnavais

Este país anda louco,
Sem ninguém a governar.
Já se viu de tudo um pouco,
Onde é qu'isto irá parar?

Um que pensa que é vedeta,
Chegou ao primeiro lugar,
Deste governo da treta
Que está quase a acabar...

Mas foi um governo engraçado,
Dava vontade de rir.
Ver o Bagão atarantado,
Sem saber como mentir.

E houve o caso Marcelo,
Um caso para esquecer.
Por causa d'um caramelo,
Que falava sem saber.

O Primeiro era o maior,
Cada dia um tropeção.
Ia de mal a pior,
Se não lhe deitassem a mão.

Felizmente o Sampaio,
Tomou uma decisão.
Calou o Papagaio,
Cortou-lhe a palração.

Agora é só esperar,
Pelas próximas eleições.
Vamos todos lá votar!
Mas não tenham ilusões...

Não esperem inovação,
Nem medidas estruturais.
Mas sim a continuação,
Deste e d'outros carnavais...

Rimo

|

domingo, janeiro 09, 2005

Arrimar

arrimar

Arrimar

A ideia é escrever,
posts sempre a rimar.
Poeta, não quero ser.
Quero apenas versejar.

Gostava que me ajudassem,
Seria um grande prazer.
Publicar o que mandassem
P'ra todos podermos ler.

Feita a apresentação,
Só me resta esperar.
Que me venha inspiração
P'ra continuar a rimar.

Rimo

|

Referências

Blogshares


Share price history

Passaram por aqui. Obrigado pela visita