Arrimar quer dizer
pôr em rima ou amparar.
Também pode ser bater,
Apoiar ou arrumar...

Singela homenagem aos Poetas Populares

sexta-feira, fevereiro 18, 2005

Não cumpri...

arrimar

Não cumpri...

Não cumpri o prometido.
Não dei uma por dia.
Mas fico agradecido
Por vos ter por companhia.

Gosto de os ver a rimar.
Agradeço a participação.
Podem continuar.
Prometo a publicação.

Rimo

Participações nos comentários:

....................................................................
há alguns dias atrás
uma promessa foi "postada"
o que muito me apráz
é saber que vai ser honrrada

quem sou eu para dar sugestões...
a tão ilustre sapiência
uma entre milhões
que espera lê-lo com mais frequência

Obrigada pelos momentos deliciosos

xpto99
xpto99 | Email | 02.14.05 - 12:27 am | #

....................................................................
E agora que foste à vida
apenas me resta dizer
volta e dá só mais uma
que me dê prazer a ler

Sugestões eu cá não tenho
não sou boa a versejar
deixo apenas uma rima
no teu blog arrimar.

Marginais à Solta
Ana | Homepage | 02.14.05 - 6:51 pm | #

....................................................................
Vim aqui eu, curioso,
ver o que era "arrimar".
E olha que bem gostoso
foi d'aqui uma levar!

É tempo de vacas magras
para dar uma por dia.
P'rá rima não há Viagras...
Só lá vais com alegria.

Levo uma, deixo uma,
vou sem saldo devedor.
Sou, sem dúvida nenhuma
o Sr. Professor Doutor.

Professor Doutor
Professor Doutor | Email | Homepage | 02.15.05 - 11:08 am | #

|

domingo, fevereiro 13, 2005

Eu até agradecia...

opinião

Eu até agradecia...

Cá estou eu, outra vez.
P'ra cumprir o prometido.
A escrever p´ra vocês,
Esperando que seja lido.

Ser lido e comentado...
Porque gosto de saber
Se o que escrevo, com agrado,
Vos está a satisfazer.

Eu até agradecia,
Que me dessem opiniões.
Porque, p'ra "dar uma por dia"
É preciso ter... sugestões.

Por hoje, já chega!
A promessa está cumprida..
"Dei uma", não foi "nega"...
E agora, vou à vida...

Rimo

|

sábado, fevereiro 12, 2005

Falta de tempo

Tempo

Falta de tempo

Tenho andado fugido.
Aqui do Arrimar.
Não tenho conseguido,
Vir aqui "postar".

Não falta a vontade.
Nem a inspiração.
É que, na verdade,
Não tenho tempo, não...

Vão-me desculpar.
Esta ousadia.
Mas eu vou tentar,
"Dar uma por dia".

Vir aqui escrever,
Até é salutar.
É o que vou fazer!
P´lo menos tentar..

Pronto! Eu já sabia...
Já estão a pensar,
Que "uma por dia",
É muito "arrimar"...

Eu não vou mentir.
Não basta prometer.
Mas se não conseguir,
"Dou as que poder".

Espero que se lembrem
Do velho ditado:
Quem dá o que tem,
A mais, não é obrigado.

Rimo

|

segunda-feira, fevereiro 07, 2005

A Campanha

Eleições

A Campanha

A campanha já abriu,
Mas não vi nada de novo.
A não ser, p'a quem ouviu,
O Lima a gritar p´lo povo.

O Santana foi chamar,
Os velhinhos do partido.
P'ra ver se consegue ganhar.
Coisa que eu duvido...

O Sócrates estava igual.
A conversa não mudou.
Nem mesmo no Carnaval,
P'ra mudar aproveitou.

O Jerónimo e o Louçã,
Andam lá p'ra entreter.
Sabem que esperança é vã
E que não podem vencer.

Agora já só nos falta,
Esperar p'las eleições,
Ir aturando esta malta
E manter as ilusões.

Vamos então esperar
E ficar na expectativa.
Eu também vou lá votar...
Mas voto p'la negativa...


Rimo

|

sábado, fevereiro 05, 2005

VELHA LISBOA

Alfama

Velha Lisboa

Ao chegar junto ao Tejo
Sinto o cheiro de Lisboa.
Sinto mais do que um desejo
De abraçar a Madragoa.

Na outra colina já vejo
O Bairro Alto a espreitar
A mandar um grande beijo
Para o rio e para o mar.

Ao longe vejo o Castelo
Que domina a cidade.
De recorte austero e belo
Demonstrando autoridade.

Sustentado por Alfama,
Que disputa com a Mouraria,
A medieval fama
Do bairro da alegria.

Dos bairros novos não falo
Porque não são coisa boa...
É por isso que me calo.
Só falo da velha Lisboa.

Rimo

|

quinta-feira, fevereiro 03, 2005

META-DEBATE

debate

META-DEBATE

Hoje é o meta-debate,
Com os principais candidatos.
Espero que não entrem em dislate,
No mínimo, sejam cordatos.

O Sócrates é do PS
O Santana do PSD
Um está lá porque merece,
O outro nem sabe porquê...

Mas em política é assim,
Nem vale a pena pensar.
Esperemos é que no fim,
O melhor possa ganhar.

Mas eu não vim falar,
Do debate, propriamente dito.
Vim aqui anunciar,
Um assunto "inaudito".

O Abrupto vai, em directo,
Comentar em tempo (quase) real.
É um verdadeiro repto
E uma ideia original.

Vou seguir com atenção,
O Abrupto a comentar
E ouvir na televisão,
Os "outros" a falar...

Rimo

|

terça-feira, fevereiro 01, 2005

Tão pequenino que é

Webcedário

Tão pequenino que é

Isto é extraordinário!
Tão pequenino que é,
O blogue Webcedário,
Já anda pelo seu pé.

Parabéns ao ABC
Por este mês de vida.
Parabéns a você,
Nesta data querida.

Quero felicitar, também,
A sua progenitora.
A Gramática, sua mãe,
Essa distinta Senhora.

E não me posso esquecer
Daquele, que um dia,
A conseguiu... "convencer"...
O Tratado de Geometria.

Desejo a continuidade
Deste trabalho diário.
Por esta assiduidade.
Parabéns Webcedário.

Rimo

|

Referências

Blogshares


Share price history

Passaram por aqui. Obrigado pela visita